Continuando a nossa série sobre React, nos últimos episódios damos inicio a configuração e organização de uma aplicação React, agora iremos de fato entender cada conceito por traz desta biblioteca.

    React e ReactDOM

    Vamos começar analizando o arquivo index.jsx que criamos no post passado:

       import React from "react";
       import ReactDOM from "react-dom";
    
       class App extends React.Component {
          render() {
             return (<h1>Hello World!</h1>);
          }
       }
    
       ReactDOM.render(<App />, document.getElementById("root"));
    

    Iniciamente, temos o import de duas bibliotecas do React, a React e a ReactDOM. A primeira vocês já devem ter deduzido que se trata do core da biblioteca, a segunda, um pouco menos óbvia, é o pacote responsável por fazer interagir o React interagir diretamente com o DOM da página. Ele é utilizado principalmente quando vamos adicionar a nossa aplicação a um elemento HTML já existente, que no nosso caso é a div root, que declaramos no arquivo index.html.

    Note que criamos uma classe chamada App que herda de React.Component, devido a esta herança, podemos declarar o componente como o mesmo fosse um elemento HTML (<App />, o que nos permite criar componentes que podem ser aninhados uns aos outros, exatamente como fazemos com <div>, <h1>, <table>, etc.

    Entendendo o método Render

    Outra particularidade do React, se encontra no método Render. Este método sempre existirá em classes que herdam de React.Component, e o retorno da função pode ser algo que inicialmente confunde, por ser uma sintaxe que não faz sentido para quem está acostumado com JavaScript, mas confie em mim, em breve você se habituará e passará a gostar de escrever seus componentes JavaScript desta maneira.

    No nosso exemplo, a classe App retorna um título com a expressão “Hello World”, que é então renderizada pelo ReactDOM, que é encarregado de carregar toda a aplicação na div#root.

    Criando um novo componente

    Para entender melhor este conceito de aninhamento de componentes, vamos começar criando um formulário para os cadastros das despesas na nossa aplicação.

    Dentro da pasta components crie um novo arquivo chamado Form.jsx e coloque o conteúdo abaixo dentro da mesma.

       import React from "react";
    
       class Form extends React.Component {
          render() {
             return (
                <form action="">
                   <div>
                      <input type="text" placeholder="Descrição"/>
                   </div>
                   
                   <div>
                      <input type="text" placeholder="Valor"/>
                   </div>
    
                   <button>Salvar</button>
                </form>
             );
          }
       }
    
       export default Form;
    

    Até aqui, nenhuma surpresa, certo? Apenas um formulário com dois campos e um botão de enviar

    Agora no arquivo index.jsx, modifique o método Render para que o mesmo retorne isto:

       render() {
          return (
             <div>
                <h1>Bills Hub</h1>
                <Form />
             </div>  
          );
       }
    

    E no topo do arquivo, adicione um novo import para o novo componente

       import React from "react";
       import ReactDOM from "react-dom";
    
       import Form from "./components/form.jsx";
    

    Note que criamos uma div por fora dos elementos para que o método render retorn apenas um elemento pai dentro do render, se você criar duas divs como retorno do método render, o seguinte erro irá aparecer na compilação do aplicativo “Adjacent JSX elements must be wrapped in an enclosing tag”, indicando este erro de sintaxe.

    Atualizando a página agora temos um formulário aparecendo abaixo do título da aplicação.

    Adicionando estilos na aplicação

    Outro ponto que considero básico em uma aplicação é a adição de CSS a mesma. Para isso, vamos adicionar um novo arquivo chamado main.scss dentro da pasta src/scss do nosso projeto com o seguinte conteúdo:

       body {
          font-family: sans-serif;
       }
    

    Para referenciar o mesmo dentro da nossa aplicação, apenas adicione esta linha ao arquivo index.jsx:

       import "./scss/main.scss";
    

    Tudo que está nessa pasta será jogado dentro do arquivo index.html, em uma seção <style> criada automaticamente.

    Por hoje era isso pessoal, no próximo post iremos ver mais funcionalidades do React, vejo você lá!